23 de jun de 2012

Justa Causa


Juliana Moreira
@jubii_

Sentia por ele um amor profundo, mas sabia que seria impossível conviver com aquela gargalhada durante muito tempo. Poderia aturar uma série de outras coisas, mas não conseguia encontrar sentido em amar alguém cuja expressão da felicidade fosse algo absolutamente indesejável. 
 Resolveu deixá-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário