14 de mai de 2011

Construção civil

Ramiro Simch
@miroez

Pé na lama, rugosa tal qual o coração
Tal qual a tez pétrea, fendida
Fodida e fodida cada dia da vida
Vidinha que desde berço fez doer João

Tímpano lateja bem cedo, talvez pela agudez
Da voz de agulha que empurra nosso bom
Na via crucis matutina, aos fones com som
Não permite-se faltar, nem que seja uma vez.


Nenhum comentário:

Postar um comentário